quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

O que importa se o seu cabelo está curto ou comprido?


Eu decidi cortar o meu cabelo, a princípio eu gostei muito. Mas logo depois fiquei pensando e observando os cabelos longos das outras pessoas ao meu redor e me dei conta que queria o meu cabelo de volta.
Esta situação me chateou bastante e acabei por dedicar horas dos meus pensamentos nisto.
Foi quando Deus disse ao meu coração: O que importa se o seu cabelo está curto ou comprido?
E comecei a refletir sobre esta pergunta. Eu me dei conta de quanto tempo desperdiçamos nossos pensamentos em algo que não faz a menor diferença nem pra minha vida e nem pra vida do outro.
É claro que há situações que parecem mínimas pra um, pra outros é de muita relevância.
Os cabelos de Sansão, por exemplo, não poderiam ter sido cortados. Mas Deus somente deu este ponto fraco para que ele pudesse provar sua obediência. E acabou se provando o contrário.

E descobriu lhe todo o seu coração, e disse-lhe: Nunca passou navalha pela minha cabeça, porque sou nazireu de Deus desde o ventre de minha mãe; se viesse a ser rapado, ir-se-ia de mim a minha força, e me enfraqueceria, e seria como qualquer outro homem. Juízes 16:17

Com isso, me veio mais um fator para refletir: Qual é o seu ponto fraco? Mas esta pergunta é para outra reflexão. Pois a palavra do Senhor é assim nunca cessa em meditações.
Bom, mas no meu caso o fato de ter cortado o cabelo e dedicar horas pensando nisto, realmente foi um desperdício.
A questão principal neste caso, não é focar na preocupação excessiva com a aparência que as vezes nós temos, mas sim, o quanto desperdiçamos os nossos pensamentos com algo improdutivo.
Desde que descobri o que é estar na presença de Deus, eu percebi a importância e força dos nossos pensamentos.

Como são preciosos para mim
os teus pensamentos, ó Deus!
Como é grande a soma deles! 
Salmos 139:17

Se os pensamentos de Deus são tão preciosos, os nossos também devem ser.
Afinal os pensamentos refletem o que somos na verdade. Nós devemos nos preocupar muito com o que dizemos, mas devemos no preocupar em dobro com o que pensamos.
Pois ao falar, às vezes temos certo cuidado, afinal não queremos deixar uma má impressão ao outros, nem sermos julgados. Então achamos que os pensamentos ficam intactos as opiniões alheias. Mas o engando está ai, pois ao pensarmos dizemos a Deus exatamente o que somos.

Sabes quando me sento e quando me levanto;
de longe percebes os meus pensamentos. 
Salmos 139:2

E com certeza devemos nos preocupar mais com o que Deus acha de mim do que os outros possam achar.
Os pensamentos tem tanta força que você precisa “Pensar sobre o que você está pensando”.
Este é o tema de um capítulo do livro que estou lendo e está sendo magnífico para minha vida, chamado “Campo de batalha na mente” Joyce Meyer.
A escritora diz o quanto à palavra de Deus nos ensina sobre com o que deveríamos gastar nosso tempo pensando.
Meditar na palavra faz com que tenhamos sempre pensamentos frutíferos. Às vezes as pessoas acham que pensamentos são só pensamentos. Que são as atitudes que fazem a diferença. Mas o que as pessoas desconhecem é que os nossos pensamentos fazem quem somos.
Pensamentos julgadores te tornará uma pessoa julgadora. Pensamentos negativos te tornará uma pessoa negativa. Pensamentos com coisas irrelevantes e que não fará a mínima diferença na sua vida te tornará uma pessoa irrelevante.
Não dedique os teus pensamentos em algo que poderá te tornar “eles”. É isso mesmo, vamos tratar os pensamentos como se fosse pessoas.  Se você dedicar sua vida há uma pessoa que não te acrescenta em nada, não te ensina e te coloca pra baixo. Como será sua vida?
Pensamentos infrutíferos geram pessoas infrutíferas.

Muitas são, Senhor meu Deus, as maravilhas que tens operado para conosco, e os teus pensamentos não se podem contar diante de ti; se eu os quisera anunciar, e deles falar, são mais do que se podem contar.
Salmos 40:5

São tão bons os pensamentos de Deus para conosco. Por que não podemos ser assim?
Pensamentos de vitória gerará vitória.
Dedicar os nossos pensamentos ao que é bom gerará atitudes boas e assim resultados bons.
Tenha uma mente como a de Cristo. Pois apesar de nós não andarmos segundo a sua plena vontade. E ele presenciar tantas escolhas ruins, tantos pensamentos inférteis, tantas atitudes sem juízo de teus próprios filhos, “Ele nunca perde a fé em nós e os teus pensamentos são sempre positivos e maravilhosos para conosco”.

Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.
1 Coríntios 2:16

Eu não estou dizendo que você não tenha que pensar em coisas que às vezes são básicas para o dia-a-dia. Afinal, a maior parte dos nossos pensamentos é referente à rotina diária. Mas quando um pensamento básico se torna um problema, uma angustia e chega até achar que será a solução de todos os problemas da sua vida, ai sim tem que se preocupar.
Quando perceber que está dedicando muito tempo dos seus pensamentos em algo que não fará a mínima diferença na sua vida, então pare de pensar. Coloque outro pensamento no lugar. Talvez um objetivo, algo que fortaleça seu espírito. Literalmente pense como Deus pensaria. Se Deus pensaria nestas coisas, então pense!
Afinal, Jesus não dedicaria horas pensando se o seu cabelo está curto ou comprido!!

Em nome de Jesus Cristo.
Sheila Correia


Nenhum comentário:

Postar um comentário