segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Para isso vim ao mundo...

Nesta nova fase do blog, com nome e cara nova, será a largada para um ano de colheita.

“Para isso vim ao mundo”!
Disse-lhe, pois, Pilatos: Logo tu és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz.
João 18:37

A verdade está em descobrir o propósito de Deus ter nos criado e ter nos dado a vida justificada por Cristo Jesus que morreu para nos salvar.
A Verdade é saber que cada um é especialmente moldado para cumprir algo na sua trajetória de vida.
A verdade é que só descobrimos o real motivo da nossa vinda ao mundo, através de Deus.
A verdade é que através dos dons que Deus nos deu, nós poderemos servi-lo e servir ao próximo.
Por isto e para isto. Por ti e pra ti. Para isso vim ao mundo. Para que almas, assim como a minha, possam acreditar em uma vida melhor.
Anunciar a todos, o não contentamento com uma vida sofrida e a não submissão, há tudo que nos entristece, acreditando que nada pode ser feito.
Deus nos deu uma vida para ser aproveitada em sua plenitude e até as causas que julgam impossíveis, podem ser mudadas e ficarem maravilhosamente transformadas.

“O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância”.
João 10:10

O mundo só nos cobra. Nos diz, quem temos que ser, o que temos que ter e por mais que cheguemos ao auge de toda está expectativa, ainda sentimos que algo está errado.
E nos vem algumas perguntas. Por que não podia ser assim? Por que ele ou ela não é assim?  Por que as coisas não acontecem do meu jeito? Por que aconteceu isso comigo? Por que eu tento, tento e não consigo? Por que, por que, por que...

E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2

O mundo têm coisas boas, afinal é criação divina. A questão é distinguir o que realmente te trará a felicidade. E geralmente está relacionado com algo não palpável. Coisas palpáveis também são boas e são conquistas que Deus quer que nós a tenhamos.  Mas o que realmente ficará guardado dentro de si, não serão coisas, e sim momentos, sorrisos, abraços, palavras, carinho, amor, liberdade...
Ser livre de uma busca sem fim. Sendo que, o hoje é através da sua mão estendida, do seu sorriso largo, das suas doces palavras e da busca por salvar todo aquele que acorda de manhã achando que não consegue semear e nem é digno de colher. Ou para aquele que vive tudo, achando que semeia, mas no fim colherá somente a si mesmo.
Podemos começar uma semeadura somente perguntado para nós mesmos:
Por qual motivo eu vim ao mundo?
E ter a perfeita e maravilhosa colheita com a resposta:

Para isso vim ao mundo...
 Por &heila Correia
Em nome de Jesus Cristo

Nenhum comentário:

Postar um comentário